ANPEd Nordeste 2020 tem início nesta quarta (4) com conferência de Kabengele Munanga e ampla programação online

A ANPEd Nordeste 2020 dá início nesta quarta (04) a sua 25ª edição, que segue até o dia 07 de novembro em formato online. Após solenidade de abertura, às 16h, ocorrerá conferência do professor e antropólogo brasileiro-congolês Dr. Kabengele Munanga (docente da USP e visitante da UFRB), que abordará o tema geral do encontro - “Educação e (re)existência: desafios da pesquisa e produção do conhecimento”. Já na conferência de encerramento, no sábado, a Profa. Dra. Marcia Ângela da Silva Aguiar (UFPE) discorrerá sobre os “Desafios da pesquisa e da pós-graduação frente às novas Políticas Educacionais”. 

Clique aqui e acesse o site da ANPEd Nordeste 2020 para obter todas informações e links específicos de transmissão.

O evento online contará com ampla programação online para ser acompanhada por participantes e demais interessados de forma online. Dentre as atividades, destacam-se sessões especiais e trabalhos encomendados com renomados pesquisadores, além de apresentações de pesquisas e atividades culturais. "Teremos convidados nacionais e internacionais nas conferências, 12 mesas temáticas com temas inovadores e emergentes e nos 25 grupos de trabalho, potencializando o debate na educação.Também teremos duas sessões internacionais, sobre o legado de Paulo Freire e sobre direitos humanos", destaca Cecília de Paula, coordenadora do EPEN 2020.

Para Claudio Nunes (UESB), vice-presidente da ANPEd pela região Nordeste, a realização do XXV EPEN - reunião regional da ANPEd no Nordeste –, assim, como as demais reuniões científicas regionais da Associação, configura-se como uma ação de resistência da pós-graduação e da pesquisa em educação em nosso país. "A grande quantidade de inscrições e de trabalhos aprovados para apresentação de publicação evidencia que a Área de Educação encontra sempre formas de (re)existir. Somos fortes e estamos firmes. Neste momento, todos separados geograficamente, mas unidos em torno de um projeto comum." 

 

O XXV EPEN estava previsto inicialmente para ser realizado na Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador. A reconfiguração do evento para o formato online atende às contingências impostas pela pandemia e necessidade de isolamento social. Ainda assim, o objetivo é que o encontro siga cumprindo seu papel histórico. Nesta edição, espera-se fomentar o diálogo cientifico sobre pesquisas que oportunizem questionar epistemologias universalizadas e estruturalmente enraizadas em processos históricos de dominação, com hierarquias relacionadas às questões como localização geográfica, gênero, relações étnico raciais, entre outras. O evento promovido pela ANPEd Nacional, pelo Fórum Nordeste de Programas de Pós-Graduação em Educação (FORPRED-Nordeste) em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Bahia (PPGE-UFBA) e do Mestrado Profissional em Educação da Universidade Federal da Bahia (MPED-UFBA).

Leia Também