Lista de Filmes Selecionados

Confira abaixo a lista de filmes selecionados: 

IX Mostra de videodocumentário Trabalho e Educação

  • Primavera Secundarista

Domingos Leite Lima Filho (PR)

Sinopse: O documentário Primavera Secundarista apresenta o movimento de ocupação de escolas e universidades ocorrido em 2016 em cerca de 1100 escolas no Brasil, das quais 850 no Estado do Paraná, como resistência dos estudantes contra a Medida Provisória 746 de Reforma do Ensino Médio e outras, como o Projeto de Emenda Constitucional 55 que congela os gastos públicos por vinte anos.

 

  • Manifesto pelo Ensino das Artes no Brasil

Felipe Peres Calheiro (Porto - Portugal)

Sinopse: O percurso histórico da educação artística no Brasil, marcado pela ação persistente e lúcida de um grande número de educadores, de artistas e de investigadores, organizou e difundiu pelo imenso país a imprescindibilidade do ensino das artes na formação das crianças e jovens. São inqualificáveis as decisões governamentais em curso de retirar a obrigatoriedade da disciplina de Artes dos currículos escolares, contra a qual se insurgem e indignam-se pesquisadores de diversos lugares do mundo.

 

  • Casulo

Tânia Maria Hetkowski (BA)

Sinopse: Estudantes da educação básica fazendo pesquisa científica é um contexto incomum quando pensamos na Escola Pública. As influências dessa experiência na vida deles? É o que o "Casulo" busca mostrar.

 

  • Juventude da Floresta em Movimento

Débora Mate Mendes (AP)

Sinopse: O documentário apresenta as principais atividades produtivas desenvolvidas pela juventude do campo, das águas e da floresta, seus processos de Educação do campo por meio da Licenciatura em Educação do Campo e das Escolas Famílias Agroextrativistas e Agrícolas do Amapá, a cultura, o lazer e os processos organizativos dos/as Jovens. É uma produção dos/as Jovens e para Jovens com foco no seu modo de vida, ou seja, das populações tradicionais da Amazônia Amapaense.

 

  • Fábrica do Trabalho - Centro de Referência do Trabalho

Marcelo Lima (ES)

Sinopse: A Fábrica do Trabalho, política de trabalho e de geração de renda pensado em 2010 teve sua obra concluída em 2012. Contra as políticas de mercantilização da educação, foi combatido e adiado por interesses privatizantes e elitistas. Hoje o poder municipal, baseado na falta de recursos, renomeou o espaço como “Fábrica de Ideias”, transferindo-o, sem consulta pública, para o IFES implantar cursos de pós graduação, sem consulta pública, enterrando o projeto de centro público de formação profissional.

 

II Curta ANPEd

 

  • Mundo de Papel

Ceane Andrade Simões (AM)

Sinopse: O filme conta a história de Luna, uma adolescente que se deprime após a morte de sua irmã e busca ressignificar a sua relação com o mundo a sua volta. Esta obra resulta de de uma "Vivência de Cinema" realizada na Escola Estadual Ruy Alencar, em Manaus. Os alunos tiveram oficinas básicas de cada área do audiovisual como forma de entender as dinâmicas dos processos de produção; a vivência faz parte do Programa Novos Talentos da Capes em Parceria com a Uea e Praia de Água Doce Filmes.

 

  • Os muitos mundos das migrações e os curriculos escolares - iniciando o projeto

Nilda Guimarães Alves (RJ)

Sinopse: O vídeo indica as múltiplas conexões necessárias para iniciarmos um projeto de pesquisa com o objetivo de entender os modos como uma questão social - as migrações humanas - torna-se questão curricular. Usamos neste início múltiplas imagens (fotos, desenhos, filmes, textos de livros e internet) para conhecer melhor as migrações humanas.

 

  • Entre Fotografias e Tinteiros...

Marcus Levy Bencostta (PR)

Sinopse: Documentário que intercala as memórias de quatro interessantes personagens da cidade da Lapa, localizada no Estado do Paraná, com registros imagéticos originários das lentes e do olhar do fotógrafo catarinense Guilherme Glück. A partir de seus depoimentos é possível perceber o desejo de uma memória que relembra os tempos e os espaços escolares da Lapa da primeira metade do século XX.

 

  • Formação em Movimento

Joelma Fabiane Ferreira Almeida (RJ)

Sinopse: Este vídeo pesquisa-formação apresenta uma roda de conversa com os sujeitos-praticantes da pesquisa de doutorado de uma das autoras, membro do GPDOC – Grupo de Pesquisas Docência e Cibercultura do PROPED – UERJ. A pesquisa tem como objetivo refletir o vivido e o criadopensado nos contextos de ocupação e greve do Colégio Pedro II, a fim de compreender o movimento formativo de transformação da experiência em saberesfazeres docentes nascidos na interface escola-cidade-ciberespaço.

 

  • Arquivos de Infâncias

Adriana Mabel Fresquet (RJ)

Sinopse: Não entendemos como ainda é possível, neste século, que tantas crianças passem por necessidades de afeto, alimento, moradia, condições para crescer. Ainda é necessário fazer muita coisa para recuperar a infância de algumas delas. Abrir novos mundos para elas, reconstruir, erguer, fazer "nascer" esse mundo de novo, de mãos dadas.

 

  • Paraíso Tropical Vidigal

Marta Cardoso Guedes (RJ)

Sinopse: Documentário Experimental realizado por alunos do ensino básico da Escola Municipal Prefeito Djalma Maranhão, localizada no morro do Vidigal, Rio de Janeiro. O filme registra os bastidores de uma busca, da escola à comunidade, pela história do morro do Vidigal, sendo um encontro entre moradores, alunos e professores.

 

  • Retrato sem Retoques - A África na UFPE

Auxiliadora Maria Martins da Silva (PE) 

Sinopse: Publicado em 28 de maio de 2015 Concebido pela Profª. Drª Auxiliadora Martins da Silva sob a direção de Leandro Wagner e Edmilton Hora, o documentário é um importante registro das histórias de vida e motivações que levaram estudantes de diversos países africanos à UFPE. Questões como o racismo e a construção do imaginário brasileiro sobre África são problematizadas no vídeo.

 

  • Paixões

Silas Borges Monteiro (MT)

Sinopse: Filme-conceito escrito a partir do livro homônimo de Jacques Derrida, Paixões. Este filme, assim como o texto de Derrida, faz parte de uma trilogia: Paixões, Salvo o nome, Khôra. Os dois últimos estão em fase de produção e montagem. Este curta problematiza as relações estabelecidas na universidade, local de “paixão pelo saber”, convidando os espectadores a pensarem sobre os ritos acadêmicos e sociais vivenciados no espaço universitário. O filme fala de um segredo absoluto, mas essencial: o nome.

 

  • Não quero ser batom a vida toda

Hustana Maria Vargas (RJ)

Sinopse: Quando passa dos lábios, entra na boca e suja os dentes, o batom enfeia. Ao mesmo tempo, para ficar vistoso, tem que ser sempre renovado. Dessa forma se sentem muitos alunos no ensino superior. O desabafo "não quero ser batom a vida toda" resume as percepções, vivências e resistências de estudantes universitários de camadas populares quanto a acesso e permanência na universidade pública. Ameaças a projetos de democratização das universidades transformam esse desabafo em grito de alerta.

 

  • Escrita Ocupada

Elisandro Rodrigues (RS)

Sinopse: Escrita Ocupada - Atelier Política do Texto UFRGS. Video-Ensaio produzido a partir de experiências vivenciadas junto ao Seminário Políticas do Texto III: O atelier, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) durante o segundo semestre de 2016. Fragmentos do Poemanifesto produzido coletivamente pelos participantes do Atelier.